Universo

Eclipse lunar penumbral de Hoje: veja como acompanhar o primeiro fenômeno do ano

A primeira Lua cheia de 2020 traz consigo um interessante evento astronômico: um eclipse penumbral. Hoje, a partir das 17h07 (horário de Brasília), ele será visível em boa parte da Europa, na África, na Ásia, no Alasca, no Oceano Índico e no oeste da Austrália.

No Brasil, infelizmente, não será possível observá-lo facilmente. No entanto, quem estiver alguns locais do Nordeste do país talvez consigam uma ligeira chance, ainda que ela seja rápida e o eclipse apareça parcialmente (provavelmente não muito perceptível a um olho nu e não treinado).

Os turistas e moradores de Fernando de Noronha são os que poderão tentar a sorte com precisão. Por lá, o eclipse penumbral vai acontecer por 44 minutos, entre 18h27 e 19h12, com magnitude -0,5385 — quanto menor esse número, mais fraco é o fenômeno. Um eclipse total da Lua é >1; um parcial é 0,5; um penumbral total é -0,1.

Neste mapa interativo  você consegue descobrir se o eclipse será visível em sua cidade, a duração, o horário do ponto máximo e a magnitude do eclipse. E pode olhar tranquilo para o céu. Não é preciso usar nenhum tipo de óculos ou proteção para ver o eclipse lunar.

Nem tudo está perdido
Para quem deseja acompanhar o evento astronômico, a boa notícia é que ele será transmitido pela internet.

Esteja onde estiver, há um jeito de acompanhá-lo perfeitamente com ajuda do projeto Virtual Telescope, que opera telescópios robóticos remotamente em tempo real. Tudo será transmitido por eles.

Também é possível assistir o evento aqui:

Como é um eclipse penumbral?
Um eclipse penumbral, em geral, tem a aparência de uma Lua cheia normal. Ela continua totalmente visível, mas fica menos brilhante, meio fumê. E é isso que faz dele especial: é necessário olhar atentamente para perceber essas ligeiras nuances.

Facebook Comments Box

Leave a Reply

Your email address will not be published.