Jesus era um alienígena?
Mistério

Jesus era um alienígena?

A origem extraterrestre de Cristo, sugerida em trechos da Bíblia, estaria sendo escondida para não destruir as antigas religiões do planeta. Está escrito na Bíblia: Jesus Cristo era um ET. Pelo menos assim interpretam as escrituras os defensores da teoria de que Jesus chegou ao nosso planeta num disco voador, tomou a forma humana e espalhou conhecimento alienígena no Oriente Médio.

As lideranças religiosas esconderiam a verdade para não destruir as religiões da Terra. A estrela de Belém, que guiou os Reis Magos até a manjedoura de Jesus, seria uma nave espacial, porque se movia de forma inteligente, acompanhando a viagem dos nobres. A aparição da Virgem Maria na cidade de Fátima, em Portugal, seria uma manifestação ufológica, um robô em forma feminina controlado por um óvni. Jesus suava gotas de sangue por causa de características somáticas e psicossomáticas sobre o seu corpo humano. O Homem de Nazaré não era um deus, mas um mestre ascendente alienígena que encarnou para assumir um padrão físico mais aceitável aos humanos.

Jesus voltará, mas não no Juízo Final. Ele descerá à Terra numa espaçonave, claro. Curiosamente, entretanto, não há compaixão nesse Cristo ET. Quem não atender as suas palavras será varrido do planeta A natureza extraterrena do messias pode ser comprovada por outros sinais, argumentam os adeptos da teoria. O anjo Gabriel visto por Maria seria um astronauta do alto de uma nave espacial, escondida pela intensidade do brilho das luzes. Foi um ET quem anunciou a gravidez à Virgem, invocando o nome de Deus para justificar o seu experimento médico.

A concepção foi realizada, na verdade, por uma projeção de esperma através da luz emitida do óvni. Não deixa de haver ainda uma dose de misticismo, oculta nesse pretenso racionalismo científico: Jesus era “o corpo biológico de uma entidade espiritual cósmica”. A maioria não tem dúvidas de que João Batista, o primo de Jesus, também era um alienígena, pois certas interpretações dos Evangelhos dizem que ele havia sido “levado para o céu no interior de um objeto voador”. Toda a linhagem de personagens bíblicos, do Gênesis ao Apocalipse, seriam astronautas de outras galáxias, As mensagens cifradas da Bíblia, repletas de figuras de linguagem, realmente dão margem a diversas interpretações.

Está escrito na Bíblia: Jesus Cristo era um ET. Pelo menos assim interpretam as escrituras os defensores da teoria de que Jesus chegou ao nosso planeta num disco voador, tomou a forma humana e espalhou conhecimento alienígena no Oriente Médio. As lideranças religiosas esconderiam a verdade para não destruir as religiões da Terra.

Mas o complô ganhou um inimigo em 2003. Dom Fernando Pugliese, bispo da Igreja Católica Apostólica Brasileira, disse acreditar na origem extraterrena de Cristo. Pronto. Um religioso aceitava a tese do escritor Erich von Däniken no livro Eram os Deuses Astronautas?: as divindades vieram do espaço.

Formado em filosofia pela Universidade Gregoriana de Roma, na Itália, Dom Pugliese estuda mensagens ocultas na Bíblia. Ele tem sua própria interpretação para os ensinamentos cristãos. A estrela de Belém, que guiou os Reis Magos até a manjedoura de Jesus, seria uma nave espacial, porque se movia de forma inteligente, acompanhando a viagem dos nobres. A aparição da Virgem Maria na cidade de Fátima, em Portugal, seria uma manifestação ufológica, um robô em forma feminina controlado por um óvni. Jesus suava gotas de sangue por causa de características somáticas e psicossomáticas sobre o seu corpo humano.

No cristianismo, a Páscoa marca a ressurreição milagrosa de Jesus Cristo. Entretanto, segundo uma teoria controversa, seus poderes divinos representam de fato uma evidência que Jesus era alienígena.

Segundo a edição Express, desde a década de 1960 que há tentativas de reconciliar os ensinamentos religiosos tradicionais com a nossa crescente compreensão do universo e o questionamento das implicações para a história da humanidade se não estivermos sozinhos.

O ufólogo Barry Downing é uma das muitas pessoas que acreditam que alienígenas visitaram a Terra e influenciaram nossa história e religiões.

Ele argumenta que os eventos divinos descritos na Bíblia são, de fato, evidências de tecnologias extraterrestres que foram interpretadas pelos primeiros seres humanos.

Para Downing, Jesus Cristo era na verdade um alienígena. Segundo ele, vários episódios na Bíblia são similares a descrições modernas de testemunhas de OVNIs.

Downing aponta a evidência de atividades extraterrestres no Evangelho segundo Mateus do Novo Testamento, que relata sobre uma criatura descida do céu para anunciar aos sábios a aproximação do nascimento de Jesus. Ele sugeriu que a estrela que orientou os sábios ao estábulo onde Jesus nasceu seria um OVNI que guiou os homens telepaticamente.O ufólogo opinou que o embrião de Jesus foi implantado em Maria pelos alienígenas, enquanto outras teorias sugerem que ela foi inseminada com esperma alienígena e que Jesus era um híbrido de alienígena e humano.

Downing acredita que Jesus conseguiu ressuscitar através do uso de seu poder alienígena avançado, e não divino, e sua ascensão poderia ser considerada como o retorno ao seu planeta.

Facebook Comments Box

Leave a Reply

Your email address will not be published.