Mistério

Túneis secretos dos cavaleiros templários foram descobertos em Israel

Os Cavaleiros Templários foram uma das ordens militares católicas mais importantes da história e já fazem parte da cultura popular. A ascensão ao poder dos Templários e sua queda envolta em intrigas são objeto de muitos estudos, lendas e teorias de conspiração.

Túneis secretos dos cavaleiros templários foram descobertos em Israel

Agora, com o apoio do Dr. Albert Lin da National Geographic, um novo documentário leva a mais recente tecnologia arqueológica a Israel para investigar um dos locais templários mais importantes e verificar se há algo novo que possamos descobrir.

A história dos Templários está ligada à Terra Santa e às Cruzadas, portanto, não é de surpreender que o documentário seja ambientado na cidade de Acre, um porto do moderno Israel. Esta foi a base de operações dos lendários cavaleiros depois que sua sede em Jerusalém foi perdida quando Saladino conquistou a cidade em 1187.

O Acre permaneceu sob o controle dos Templários por pouco mais de 100 anos e o Dr. Lin e sua equipe arqueológica investigaram o que resta da sede dos Templários. A equipe empregou um dispositivo de detecção de luz (LiDAR), que lhes permite “ver” o que está enterrado no subsolo sem precisar escavar.

“Estou em Israel em busca dos Cavaleiros Templários. Esses monges guerreiros são lendários, e o ouro também ”, disse Lin no documentário. Durante as Cruzadas, os Cavaleiros Templários lutam por Deus, ouro e glória. Em algum lugar da moderna cidade de Acre, ficava seu centro de comando e, possivelmente, o tesouro. ”

Graças a tecnologia, a equipe descobriu túneis espalhados por toda a cidade e até uma guarita, mostrando como os Templários podem ter transferido suas riquezas do porto para a torre do tesouro.

O que resta da torre, no entanto, está enterrado sob terra e pedras. Atualmente, porém, não há planos para escavar nenhum desses locais, pois não temos confirmação de que o tesouro dos Templários esteja lá.

Os templários deixaram Acre em 1291, quando a cidade foi perdida e mudaram sua sede para Limassol, na ilha de Chipre. Com a completa perda de controle da Terra Santa pelos cruzados, o apoio à ordem militar começou a diminuir e a sorte dos cavaleiros mudou.

Quando o rei Filipe IV da França assumiu o poder, a família real tinha enormes dívidas com os templários, mas o rei teve uma ideia: não seria preciso pagar nada se os templários não existissem.

Estudiosos afirmam que o rei começou uma campanha espalhando boatos (que já existiam, só que em menor número) sobre heresias, rituais diabólicos e corrupção, e a confiança do público nos templários acabou enfraquecendo ainda mais.

Depois o rei prendeu e torturou membros da ordem, produzindo falsas confissões em benefício do Papa Clemente V que, em troca do favor, acabou oficialmente com a ordem dos Cavaleiros Templários em 1312.

Uma boa comparação, para termos uma ideia de como tudo foi feito de forma inacreditável, seria como se hoje algum país resolvesse acabar com o FMI (Fundo Monetário Internacional) da noite para o dia, e todo seu dinheiro fosse confiscado.

Facebook Comments Box

Leave a Reply

Your email address will not be published.